RECRIMINALIZAÇÃO DA POBREZA: REFLEXÕES A PARTIR DA RESSOCIALIZAÇÃO E DA REINCIDÊNCIA CRIMINAL

  • Mikaelle Melo

Resumo

Este artigo consiste numa breve reflexão sobre a recriminalização da pobreza através da reincidência do condenado na criminalidade. Pois, ainda que existam propostas de ressocialização no sistema prisional, não há reinserção do indivíduo na sociedade. Dessa forma, há uma recriminalização da pobreza, visto que o pobre é quem de fato está aprisionado em maior número, devido a fatores da realidade social. Além disso, a situaçã do indivíduo não muda ao sair do cárcere, sendo fator condicionante para a reincidência criminal. Ressalto, por fim, que o estudo foi realizado através mediante os aportes da criminologia crítica, do direito penal brasileiro, assim como os termos ressocialização, reinserção e reincidência.
Publicado
2020-12-10
Como Citar
MELO, Mikaelle. RECRIMINALIZAÇÃO DA POBREZA: REFLEXÕES A PARTIR DA RESSOCIALIZAÇÃO E DA REINCIDÊNCIA CRIMINAL. V Encontro de pesquisas judiciárias da Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas, [S.l.], dez. 2020. Disponível em: <http://enpejud.tjal.jus.br/index.php/exmpteste01/article/view/549>. Acesso em: 22 out. 2021.
Seção
Grupo III: Direito Penal, Processo Penal e Execução Penal

Palavras-chave

Reincidência Criminal. Ressocialização. Criminalização da pobreza.