O USO DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NO DIREITO: IMPACTOS NA PRÁTICA JURÍDICA E RESTRIÇÕES AO ACESSO

  • Chrystopher Williams Santos Universidade Federal de Alagoas
  • Maria Eduarda Monteiro Universidade Federal de Alagoas
  • Cleberson Williams dos Santos Fundação Getúlio Vargas

Resumo

A crescente quantidade de processos pendentes no Judiciário gerou a necessidade de se construir métodos que produzissem uma Justiça mais eficiente e ao mesmo tempo econômica. Logo, a Inteligência Artificial – IA, surge para a evolução das atividades jurídicas. Entretanto, é importante buscar compreender sua utilidade e seu funcionamento, bem como seus desdobramentos econômicos, pois a entrada da IA no Direito é recente e ainda possuis caminhos a serem percorridos. Com isso, o presente artigo tem o objetivo elucidar o conceito de IA, sua relação com o Direito e como isso afeta o trabalho dos juristas e, consecutivamente, a sociedade.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Graduando em formação de Direito pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), membro do Núcleo de Estudo sobre Direito Internacional e Meio Ambiente (NEDIMA), da Liga Acadêmica de Estudos em Soluções Consensuais de Conflitos (LAESCC) e do NAJUP- Núcleo de Assessoria Populas da UFAL. Atualmente, desenvolvo estudos sobre direito à educação e neocolonialismo jurídico. Além disso, também participa do Programa Institucional de Bsolsas de Iniciação Científica (PIBIC), ciclo 2020-2021, no qual desenvolve uma pesquisa sobre Responsabilidade Intrnacional e Dívida Pública. 
##submission.authorWithAffiliation##
Acadêmica de Direito
##submission.authorWithAffiliation##
Doutor em administração de empresas pela Fundação Getulio Vargas - FGV (2019), na linha de pesquisa: Gestão socioambiental e saúde. Mestre em administração pela Universidade da Amazônia - UNAMA (2014). Especialização em Gestão em Saúde - UFAL (2011); Especialização em Educação - UFAL (2011); Especialização em Direito Processual constitucional, penal e administrativo - CESMAC (2007). Graduado em Direito - UNAMA (2005); Graduado em Nutrição - UFPA (1998). Atual interesse de pesquisa é sobre Capital Social; Gestão em saúde; Inovação em saúde.
Publicado
2020-12-10
Como Citar
SANTOS, Chrystopher Williams; MONTEIRO, Maria Eduarda; DOS SANTOS, Cleberson Williams. O USO DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NO DIREITO: IMPACTOS NA PRÁTICA JURÍDICA E RESTRIÇÕES AO ACESSO. V Encontro de pesquisas judiciárias da Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas, [S.l.], dez. 2020. Disponível em: <http://enpejud.tjal.jus.br/index.php/exmpteste01/article/view/508>. Acesso em: 22 out. 2021.
Seção
Grupo V: Sociologia do Direito

Palavras-chave

Inteligência artificial. Direito. Impactos.